Woo Lee

NOSSO GRANDE AMOR “ WOO LEE”
“Príncipe da China”, era assim que eu, sua mãe o chamava, por ser extremamente belo, mas todos costumavam dizer que ele era um “ Lord Inglês”, pela elegância e educação que lhe são peculiares.
Foi um dos, senão o primeiro shitzu a residir em São José dos Pinhais, seguido por Mei Huá, sua companheira inseparável.
Quando passeávamos todos ficavam admirados e “loucos” por aqueles “ bichinhos de pelúcia”; mas sempre com a saúde frágil, desde cedo conheceu a rotina dos remédios, veterinários, restrições de todo tipo, mas nunca perdeu sua alegria e esperteza.
Sempre calmo, tranquilo e muito inteligente, aprendia rapidamente as coisas, entendendo tudo o que dizíamos e se fazendo entender também, atendendo até mesmo meu pedido para chamar a Dona Marlei, nossa diarista, para tomar o café da manhã.
Ele ia buscá´la e não sossegava enquanto não a trouxesse para a cozinha.
Em todas as clínicas que frequentamos, ele era reconhecido por seu bom comportamento, os veterinários não se cansavam de elogiar seu fácil trato, dizendo que não existia cachorro igual, sendo que se expunha aos exames clínicos e tratamentos com paciência e entrega.
É por todos muito amado, meu companheiro de todas as horas, não deixando nunca de prestar sua solidariedade e renúncia, mesmo em seus momentos de dor intensa, estando sempre por perto quando dele precisávamos, nos olhando firme e se aconchegando ao nosso lado, querendo nos dizer:
´ Está tudo bem, estou aqui!
Meu amado, meu amor, você fez história onde passou e tornou nossas vidas e nosso ser muito melhor, nos preenchendo com seu amor e sua presença.
A vida é fugaz, curta demais e a separação é dura, mas a alegria, a gratidão e o amor imenso que sentimos por você, nos fazem querer te libertar de toda dor e sofrimento e nos ligar para toda a eternidade pelo coração.
Vá com Deus Bebê, até breve!
PS.( Ah! E leve nosso amor e saudades também para nossa não menos querida Meizinha, nossa menininha linda)!
Sua Família que muito o ama
Mamãe, Papai, Bruno, Amanda, Tae huan, Belinha