Thor

Eu e a Rê conhecemos o Thor e seus irmãozinhos no petshop Animal Vip que ficava na cidade de Fortaleza, estado do Ceará, quando lá morávamos em 2003. Éramos recém-casados e ainda não tinhamos nossos filhos, daí a idéia de termos um cãozinho de pequeno porte que pudesse nos acompanhar em todos os lugares que fossemos. Procuramos muito até encontrá-lo! Naquela época e naquela cidade era muito difícil encontrar filhotes de yorkshire terrier, que era a única raça que a Rê gostaria de ter até então.
Próximo de onde viríamos a morar ficava esse petshop cujo proprietário era um paulista de Santo André, gente fina e bom de papo, que se não me engano chamava-se Luiz. Eles haviam recebido uma pequena ninhada com 3 machos e 1 fêmea, filhos de campeões da raça e com pedigree. Eram ótimos filhotes e lindos mesmo.
Habitualmente as fêmeas com pedigree custam bem mais que os machos, daí lá fomos nós tentar escolher um dos três machos. Eles eram pequeninos ainda e tinham a pelagem bem pretinha e brilhante. Thor se destacava por parecer ser o mais fortinho e por ter uma espécie de máscara no rosto. Era encantador! Pronto, pensamos nós. Estava escolhido o nosso novo amiguinho canino.
Como não havíamos mudado pro novo apartamento e estávamos na casa de uns amigos, antes de fechar o negócio tinhamos que perguntar se não incomodaria ter um filhote lá por um breve período. Eles já tinham outros cães lá, porém bem maiores.
Então deixamos tudo meio acertado no petshop e ficamos de voltar do dia seguinte pra buscá-lo.
Eu gostei muito de um outro filhote mas deixei a decisão final pra Rê.
Mais tarde voltarei e finalizarei a história aqui. Preciso descansar um pouco agora.