Thor

Dia 27/10/2011 perdemos o Thor.
O tempo apenas serve para nos deixar cada vez mais saudades e tristeza.
Relembrar suas travessuras faz parte de nosso cotidiano e, certamente fará parte pelo resto de nossas vidas.
Hoje brinca em um campo e não sente mais o que seus 11 anos quase 12 anos lhe impediam de fazer, mas que seus olhos nos mostravam que queria. Aqueles olhos que estarão para sempre em nossas mentes.
A alegria que tinha em viver será sempre lembrada. Hoje resta a saudades.
Nossa eterna saudades.
Thor, peço a Deus que me permita, um dia, poder lhe reencontrar e brincarmos novamente, como você gostava tanto de fazer.
Nosso eterno amigo. Nossa Eterna saudades.
Thor, que esse jardim que hoje vive, seja uma recompensa por tudo que nos deu.
Até um dia Thor!!!!