Tatucho

Doce Tatucho ou ´ como as meninas chamavam ´ Gato ou Tucho ou Reizinho ou Tatu
você agora está com a Tica e nós estamos com saudades. Sempre estaremos.
Você foi embora e, mesmo que a gente quisesse você pertinho, precisou ir para parar de sofrer.
Teve tanta paciência com Natalya, Elizabeth, Tica e tantos outros que passaram uns dias ou algumas noites aqui, como hóspedes. Nunca reclamou.
Sempre ficou pertinho da gente, ronronando.
Também cumpriu sua missão: a de ser muito carinhoso e querido com cada uma de nós.
Doce Tatucho, ainda vai doer essa saudade.
Mas, aos poucos vamos entendendo mais e mais que não poderia estar mais com a gente.
Você chegou em 1997 para ser o primeiro em nossa casa e sempre será O GATO.
Com amor
Elenice, Ale e Re