Suki

SUKI, UMA ESTRELA NO CÉU
SUKI, SUKIZINHO, COMO EU LHE CHAMAVA, EU QUERO QUE VOCÊ SAIBA QUE EU AMEI VOCÊ A VIDA INTEIRA.
NEM PRECISO LHE DIZER ISSO, VOCÊ SABE.

LI VÁRIOS LIVROS COM VOCÊ AO MEU LADO, NAS MADRUGADAS, NA NOSSA SALA.
AGORA VOCÊ FOI EMBORA E DEIXOU UM VAZIO IMENSO DENTRO DE MIM.
UM VAZIO IMENSO, SUKI.
SABIA QUE CHEGARIA ESSE DIA, MAS EU SÓ QUERIA QUE VOCÊ NÃO TIVESSE SOFRIDO TANTO COMO SOFREU.

QUERO GUARDAR DE VOCÊ SUA IMAGEM LINDA DO CÃO MAIS LINDO DO MUNDO, QUE CONVERSAVA COMIGO TODAS AS NOITES, QUE CHORAVA COMIGO QUANDO ERA PRECISO, QUE ME OLHAVA COM UMA TERNURA QUE NÃO EXISTE MAIS.
EU SEI QUE VOCÊ NÃO ERA SOMENTE UM CÃO.

HAVIA EM VOCÊ UM SER QUE CONVIVEU COMIGO TODO ESTE TEMPO.
GUARDAREI VOCÊ DENTRO DE MINHA ALMA PARA SEMPRE, SUKI.
COMO SE GUARDA UM ACENO.
COMO SE GUARDA UMA FOLHA DENTRO DE UM LIVRO.

VOCÊ ME ENSINOU MUITAS COISAS, SUKI.
VOCÊ FALA AS PALAVRAS QUE ME DIZIA EM SILÊNCIO.
VOCÊ SE FOI, MEU CÃO, MAS VOCÊ AINDA ESTÁ AQUI, AO MEU LADO, NA MINHA SALA, COM SEUS OLHOS APAGADOS E COM SUA AUSÊNCIA DOLORIDA, QUE DÓI, DÓI, DÓI, DÓI DEMAIS, SUKIZINHO.

UM DIA A GENTE AINDA SE VÊ EM ALGUM LUGAR NÃO SEI ONDE.
MAS EU SEI, TENHO CERTEZA, DE QUE VOCÊ VIROU MAIS UMA ESTRELA NO CÉU.
A MAIS BONITA ESTRELA DO CÉU.

EU SEI ONDE VOCÊ ESTÁ.
E VOU OLHAR VOCÊ TODAS AS NOITES.
SEMPRE FALAREI COM VOCÊ NUM SONHO QUALQUER QUE EU AINDA CONSIGA SONHAR.
E SEMPRE LEREI PARA VOCÊ ALGUM NOVO POEMA NO MEIO DA MADRUGADA, QUANDO ÍAMOS DORMIR.

NÃO ESQUECEREI DE VOCÊ.
NUNCA ESQUECEREI DE VOCÊ.

OBRIGADO, MEU CACHORRO, POR TODOS OS MOMENTOS DE ALEGRIA QUE VOCÊ ME OFERECEU, POR TODO O AMOR QUE ME DEDICOU SUA VIDA INTEIRA, POR TODO CARINHO QUE SEMPRE ME DEU AO LAMBER´ME AS MÃOS E O ROSTO, COMO SE EU O MERECESSE.

EU CHORO NESTE INSTANTE EM QUE ESCREVO ESTA CARTA PARA VOCÊ.
E SINTO PROFUNDA DOR NO CORAÇÃO.
UMA DOR AO VER SUAS COISAS, SEUS BRINQUEDOS, O LUGAR ONDE VOCÊ DORMIA SEMPRE. É COMO SE VOCÊ ESTIVESSE SUBINDO NA MINHA CAMA. É COMO SE AINDA VOCÊ ESTIVESSE CAMINHANDO PELA CASA.
E VOCÊ ESTÁ CAMINHANDO PELA CASA.
ESTÁ CHEIRANDO AS PLANTAS DO JARDIM.
ESTÁ QUERENDO MORDER A CHUVA.

ESTÁ À ESPERA DO SEU KIT SOBREVIVÊNCIA (MAÇA, LEITE, SEMENTINHA DO AMOR E ÁGUA) QUE EU LHE DAVA TODOS OS DIAS E TODAS AS OUTRAS COISAS QUE VOCÊ GOSTAVA.
ESTÁ À ESPERA PARA ABRIR O PORTÃO.

EU ME SINTO TRISTE, SUKIZINHO, NEM PRECISO LHE FALAR.
SEMPRE CHEGA ESSE DIA.
SEMPRE CHEGA ESSE DIA QUE É UMA FERIDA.

OBRIGADO, SUKI, POR ESSE AMOR QUE VOCÊ ME DEDICOU.
OBRIGADO PELO AFETO QUE ME DEU QUE FICARÁ EM MIM PARA SEMPRE.

Suele, César, Dário & Família