Stallony

Demorei para entender que eu nunca mais iria acordar com você ao lado da cama, que eu não veria mais essa barriguinha rosada para o alto enquanto eu trabalhava. Demorou muito tempo para eu deixar você partir, mas deixei…E desde então é como se tivesse passado um século.
Hoje lembro com toda alegria que você trouxe para o meu coração das bagunças, dos roncos, das artes e dos mimos.
Você é tão amado ainda, meu filho. As vezes a saudades chega rasgando, mas sei que agora você está na companhia do rambinho, que tá bem…sem dor, sem remédio e dando muito trabalho por aí.
Não há ninguém nessa família que não tenha amado você. A jujuba, sua prima, é uma dengosa. Acho que dela você iria gostar.rs
Sei que um dia, quando eu for, você vai vir correndo me receber e eu vou poder apertar você todinho.
Te amei desde o primeiro dia e vou te amar até o meu último segundinho nessa encarnação.
Siga em paz amor da mamãe. Tá tudo certo por aqui.