Sophia Suzin

Tem coisas que acontecem, que sabemos que vai acontecer, mas não queremos que aconteçam… e seu dia de ir chegou, Sophia, tão certo como o dia que você chegou aqui em casa, há 15 anos e encheu o nosso coração de amor, de alegrias, de brincadeiras e risadas!
Hoje, mesmo me sentindo profundamente triste, fico agradecida ao Bom Deus, por ter tido você comigo, por ter cuidado de você sempre com tanto amor, por você ser minha/nossa compainheirinha, por estar sempre no colo de um de outro (parece até que sabia que tinha que agradar todos nós, aqui de casa)…
Vou sentir sua falta, dos seus olhinhos brilhantes, do seu jeitinho de andar, da cor, do brilho e do toque dos seus fios de seda (yorkshire não tem pelos, tem fios de seda), do seu narizinho, dos seus penteados, com trancinhas, laços e fitas, de ficar com você no colo, enquanto assistia uma série ou no celular… enfim minha neguinha, foi muuuuuito bom ter você! Que falta você já está fazendo!!!
Como muitos pensam ou dizem: “Ah! é só uma cachorrinha!”… eu sei… mas é a minha PitiusKinha e só quem tem e ama, sabe como é perder um amorzinho assim! Muito triste!