Scheetos

Meu querido Lorde Scheetos, quanta saudade… parece que foi ontem que você tinha tanta energia e alegria prá brincar com a Antonieta, correndo pela casa toda, pulando por tudo… depois perdeu sua amiguinha, mas ganhou vários outros e continuou sempre apaixonado por gatinhos nenéns. Era tão lindo ver você cuidando deles com tanto carinho. Mas sabia brigar também e “exigir seus direitos” de ir passear na hora certa ou aquele lanchinho diferente. Quando descobrimos seu dodói, juro que tentei fazer o melhor possível prá que você tivesse qualidade de vida até o fim, sempre junto com seus amiguinhos. Só não pude suportar ver você sofrer, isso não, nunca. Nenhum bichinho merece sofrer, por motivo nenhum. Por isso, decidimos que era hora de você ganhar suas asinhas e ir morar no “céu dos bichinhos”… Nós continuamos aqui, com enormes saudades dos seus olhinhos tão profundos e sábios, mas temos certeza de um dia poder te encontrar novamente… Espero que tenha reencontrado a Antonieta, Fredo, Mauricinho, tantos outros que te precederam. Um dia te abraçarei novamente, bem apertadinho no meu peito. Te amamos…