Pynk

Pynk,
Sempre sonhei em ter um cãozinho, desde muito pequena, mas só pude realizar este sonho com 13 anos, quando minha mãe me levou a uma feira de filhotes e eu sai da feira com uma bolinha de pelos brancos nos braços, era a Pynk com 2 meses, acho que foi o dia mais feliz da minha vida até hoje.
A Pynk era sapeca, malandra, safada, aprontava tudo e mais um pouco. Quando achávamos que ela já tinha aprontado tudo que podíamos esperar de um cachorro, ela nos surpreendia mais uma vez.
Ela era muito esperta.
A Pynk também era muito meiga, linda, querida, amorosa e carinhosa estava sempre do nosso lado, sempre seguindo a gente pela casa toda.
Pynk, você preencheu nossas vidas com muito amor, alegria e companheirismo. Você foi um anjo em nossas vidas (meio sapeca, mas um anjo que nos deu muito carinho). Tenho a certeza que você está em um lugar muito bom e lindo, porque você merece.
Sentimos saudades e alegria de poder tê´la por 16 anos em nossas vidas.
Amamos´te, fica em paz baixinha linda!
Greyci Kelli e família.