Pyerre

Ontem o Pyerre nos deixou!
Lembro como se fosse ontem quando estava trabalhando e fiquei sabendo que tinha um dog machucado, abandonado em Colombo. Quando cheguei no local vi um cachorro com o olho pendurado, magro, peludo cheio de “dread”, num estado lamentável. Levei ao veterinário, fez a cirurgia e chegou à minha casa, na época com mais ou menos 7 anos. Lembro que demorou uns 4 meses para latir e brincar, pois tinha medo de tudo e todos.
Ganhou 3 irmãs de 4 patas e mais tarde uma irmã humana, a qual cuidou com muito carinho. Muitos momentos felizes, engraçados e outros nem tanto.
Hoje após 9 anos conosco você nos deixou, decisão difícil a ser tomada, um misto de culpa e incapacidade, tentei de tudo, fiz o meu melhor, mas é impossível lutar contra o tempo. Tempo que passa para todos os seres vivos, independente da sua espécie. O seu tempo acabou aqui na terra, e espero que eu tenha te proporcionado uma vida feliz, assim como você nos fez feliz, um anjinho incapaz de morder alguém. Fico pensando no que você passou antes de nos conhecermos, como será que você era quando filhote? São tantas curiosidades. Enfim descanse em paz, jamais te esqueceremos!!! E assim que a pandemia passar irei visitar o local onde seu corpo foi descansar, ao lado da Vitória e da Kyara.
Aqui a casa está quieta, mas tenho a certeza que aí no céu está cantando como sempre fez!
#Adote, #nãocompre!