Pretinho

Dia 30 de setembro foi o dia que você se foi meu gorducho. Você nos trouxe tantas alegrias nesses 7 anos que esteve conosco. Não esqueço do dia que você apareceu naquela noite fria e chuvosa de julho de 2014. Lá estava você, no portão do nosso prédio e eu não consegui deixar você lá fora tão debilitado. Você entrou pra dentro de casa e ocupou os nossos corações. Um aninho e meio você tinha, pelo que disse a veterinária. Magrinho e sem pelo. Depois de um tempo de cuidado, se tornou um cachorrinho tão lindo e forte que não passava desapercebido na rua. Você foi crescendo e nos ensinou tanto nesse tempo… Cuidou de nós e conseguiu demonstrar toda a sua gratidão. Meu Pretinho, você permanecerá para sempre em meu coração e em minhas lembranças, meu amor. Foi uma alegria imensa tê-lo como parte da nossa família. Saudade infinita…