Pipoca

Pi,
Tentei achar as palavras exatas
Para lhe dizer o que eu sentia
Passei noites em claro em pensamentos,
Hoje em meio a esses pensamentos
Me peguei lembrando de simples momentos…
Momentos que se tornaram inesquecíveis.
Saudade desses momentos
Em que seu carinho me confortava
Seus olhares me encorajavam.
O seu sorriso era um detalhe
Daquele sentimento…
Hoje não posso mais sentir seus carinhos,
Nem me encorajar mais com seus olhares,
E nem sentir mais a sinceridade de seu sorriso…
Só as estrelas podem te ouvir
E sentir a presença da paz que existe em você…
Quando olho para o céu
E vejo lindas estrelas,
Acredito que você seja uma delas
Contando as maravilhas dos
Simples Momentos de nossa
Fiel Amizade.
Ainda lembro
Daquelas inesquecíveis tardes, em
Que passeávamos pelo jardim
E fizeram a impossibilidade do esquecimento…
Saudade das vezes que o mundo era nosso,
E que o destino estava em nossas mãos…
Saudade das risadas que você me proporcionou
Que surpreendiam a todos ao nosso redor.
Hoje apenas saudade posso ter…
Mas quem sabe no amanhã
Voltamos a ser um só mundo,
Onde nada destruirá nossa verdadeira amizade
Nem mesmo a Morte…
Você foi feliz e nos fez muito feliz, fomos abençoados por deus por vc existir em nossas vidas, vamos sentir muitas saudades de você princesinha, bibico, pipou, titico, leleco, bigode, Zé oreia, teteco, bebe, pi, pipoca…
Vania(mãe), Reginaldo (pai – in memorian), Fernanda(mãe), Ana Paula(mãe) e Luiz Geraldo(tio)