Pingo

Pingo

Amor maior não há, nem palavras existirão para expressar todo os momentos que vivemos ao seu lado!

A volta pra casa tem sido vazia, sempre haverá uma lacuna, levaremos dias, semanas, meses, anos e quem sabe jamais nos esqueceremos…do teu olhar, do teu latido, teu cheiro, teu jeito..e do teu ronco então, no começo não nos acostumávamos e depois senão tivéssemos ouvindo não dormíamos.

Era a certeza de um final de dia tranqüilo e missão cumprida, todos em casa, porta trancada, luzes apagadas, quentinhos e juntinhos para mais uma noite de sonhos…

Pensar em você será a nossa força para continuar a caminhada e com a certeza que o teu sofrimento cessou.

Não conseguíamos mais vê-lo agoniando de falta de ar, sem forças nas perninhas e mesmo com seus olhinhos brilhantes, às vezes que voltávamos pra casa e o víamos deitadinho, paralisado, sem ação, era o que bastava para nos desestruturar e nos deixar sem chão!!

Mas… amor da nossa vida, daqui pra frente vamos lembrar dos momentos bons e alegres que você nos proporcionou, da felicidade que trouxe pra nossas vidas e em nossa casa e de tudo de bom que vivemos ao seu lado!!

Pingo, pingüim, pingolé, amor, amorzé, gordo, gordinho, gordão…até!!

Ti amamos, Jaque, Andressa, Adri, vó Nair, Tila, Brauny e Chuvisco.