Pingo

Pingo

Durante 8 anos você fez parte de nossas vidas. Mas jamais vai deixar de fazer parte delas. Desde que te vi no pet shop, tinha certeza de que você era o melhor amigo do mundo, e eu não estava enganado… Durante esses 8 anos da sua vida você foi meu melhor amigo, mas o melhor mesmo, daqueles que não desgrudava nem um segundo mesmo. Se eu estava sentado no sofá, você estava lá deitado comigo, se eu estava no banheiro, você estava na porta me esperando, se eu ainda estivesse dormindo, você estava na porta do quarto me esperando e assim que eu abria a porta, você pegava o impulso pra subir na cama, subia em cima de mim, abaixava a cabeça e lá ficava um bom tempo.
E as viagens então? A vez que você saiu de carro conosco de São Paulo para Santa Catarina, e você dormindo a viagem inteira. As vezes que viajei e quando voltei, parecia que não me via há anos. Todas as manhãs você pulava em mim milhares de vezes pra eu fazer carinho e muitas vezes eu não tava com o humor matinal muito bom e te dispensava. Nossa, se arrependimento matasse…
É amigo, você sim foi o verdadeiro amigo, o verdadeiro significado da palavra amizade, e que, apesar de suas muitas manias, marcou pra sempre nossas vidas.
Vai em paz, chegou cedo a hora de você descansar, mas dentro de nós você vai sempre viver, desde a hora de comer o biscoito à noite, até o cantinho da sua cama na cozinha que agora está vazio… Um vazio enorme que nunca mais será preenchido.
Vá em paz amigo.