Pamela

“Pâme, os dias de chuva e vento me recordam os seus latidos
de protesto contra a Mãe Natureza”.