Nina

Nina
Parece mentira … parece que a qualquer momento ouviremos o seu miau …
Que silêncio angustiante todas as manhãs sem você em cima da cama, atrás da gente no banheiro, e em todos os lugares conversando e conversando…!
Ficamos tentando nos distrair com as outras e arrancar um miadinho delas, mas não adianta, elas se limitam a ronronar e se esfregar… “você” era a conversadeira Ninoca! Que vazio… mesmo com as outras nos fazendo companhia, pois cada ser é único, nenhum substitui o outro… e assim você levou um pedacinho do nosso coração.
Mas temos certeza que você está bem e num lugar especial junto com a Sapekinha , o Luckinho, e todos os outros nossos bichanos que se foram…
Nina, Ninoca, Mininoca, Sapecoca (como a mamãe gostava de te chamar) fique bem onde você estiver meu amorzinho … um dia nos encontraremos novamente.
Te amamos muito (nossa vaquinha preta e branca)
Saudades…
Mamãe, Papai, Tutuca, Pelú, Vick e Pulga