NICK HEIDFELD

Amado Fofucho, estará para sempre presente em nossas lembranças; de suas corridas, sempre tão alegre e serelepe, patinando as patinhas no granito da sala; dos momentos em que deitava no nosso colo quando assistíamos tv e você ensopava a camiseta do papai ou a blusa da vovó, de tanto mamar na roupa. Obrigado por encher de luz nossa casa e nossas vidas, nosso eterno anjinho de algodão!