Mute

Mute, Tili, Tilili. Atendia por todos esses nomes, sempre com o pomponzinho balançando.
Nossa companheirinha de viagens, de dormir, de caminhada pelo gramado na chácara. Minha menininha, tão assustada quando eu encontrei na rua abandonada, e tão grata por ter sido resgatada.

Obrigado meu amor, por todos esse anos de companheirismo.

Te amo!