Molly

Adeus, nega! Que dor tô sentindo. Desculpe, mil desculpas, eu acho que podia ter feito mais e melhor. Vc foi meu amor canino, eu adorava teu cheiro e cuidar de vc, adorava quando vc tava bem e fazíamos muitos km andando por aí, adorava gastar dinheiro comprando porcarias desnecessárias pra vc. Vc ficou doente tão rápido, vc foi minguando, cansando e de um dia pro outro, ficou a idosinha que eu prometi cuidar. Choro porque sempre chorei porque queria vc perto e durou tão pouco.
Adeus, jamais vc vai sair de mim, a lembrança de quando vc me escolheu pra ser sua tutora, a raiva que me dava quando vc roeu parte da casa, a saudade que eu sentia quando vc tava em Laranjeiras, o olhar que vc me deu quando eu saí da sala da vet hoje. Meu coração tá partido.