Max

Um bilhete para o além:

Querido Amigo Max Von Dobermann

Você partiu:

Foram nove anos de constantes alegrias, satisfação e orgulho de ter sido seu pai humano na presente encarnação, embora tenha sofrido muito junto com você por seus problemas de saúde, principalmente pela Artrose que você enfrentou com muita coragem procurando esconder as dores, manifestando sempre alegria de viver.
Fico na saudade aguardando o dia em que Deus nos permita que você venha a ser meu filho humano, com todas as suas virtudes, as quais não só eu, mas todos os que o conheciam, surpresos por você com tantas qualidades ainda ter nascido como cão.
Mesmo com a dor da separação agradeço aos céus por estes nove anos com sua simpatia, carisma e inteligência, você nos deixou o exemplo de como ser realmente humano em todos os sentidos.
Pedindo a proteção de São Francisco de Assis a você nesta nova vida, peço também que abençoe seus benditos pais que foram prendados com o poder de gerar um ser como você. Eu o conheci muito bem. Fico feliz por isto.

Janeiro/ 2009