Mabel

Mabel
quando te vi tão pequenininha e branquinha, nossos olhos se encheram um do outro,e, ali soube que seria minha amiga para sempre
Você cresceu,e, cresceu, comia a parede, meus sapatos, errava o coco, e eu brigava com você…você corria e se escondia embaixo da cama..mas em poucos segundos voltava com a cabeça abaixada pedindo desculpas e querendo carinho
Mabel, você foi minha parceira, minha única família, meu bebe, minha alegria.
Quando chegava em casa você não se continha de tanta festa e alegria, nunca foi diferente.
você era o aconchego de meu lar, minha peludinha. Era meu cachecol. Dormia nos meus pés e quando eu estava triste do meu lado, encostando em mim.
Mabel, meu biscoitinho, perdoa-me por ter saído passear aquele dia e ter deixado você sem guia.
Perdoa-me por ter exposto você a morte por aquele carro.
Perdoa-me por tê-la feito ter dor e sofrer.
TODOS os dias eu choro por você. É uma dor que não termina.
torturante lembrar de você naquela cama de ferro no hospital, coberta, com os olhos parados e sangue no nariz. Minha filha, morta! Beijei cada pedaçinho de seu corpo, ainda quente e me desesperei em perceber que jamais voltaria a tê-la.
Você foi embora com todos seus amigos que brincava, com sua mantinha e a mamãe fez uma cartinha para você e colocou 3 rosas. Seu túmulo foi seu leito lilás. Suas cinzas são meu amuleto. Eu te amo para sempre, para sempre. Você era tão jovem…07 meses…eu fiquei tão pouco com você, mas te amei como se fosse a eternidade.
Minha filhinha, obrigada por tudo, por todo amor, por toda alegria, por todo apoio. Você está em meu coração, minha branquinha, carneirinho branco.
As lágrimas correm pela tristeza. Lembro do último sorriso que me deu antes de atravessar a rua e ser lançada a morte. Guardo ele comigo.
eu te amo para sempre e sua falta faz doer todos os dias, todos.
Obrigada por tudo. Jamais conseguirei agradecer tudo que fez por mim, filhinha.
Eu te amo eternamente.
mamãe