Lulu

PAPAI E MAMÃE
Papai e mamãe, não fiquem tristes; eu estou bem. Graças a vocês, tive uma vida repleta de amor e felicidade. Meus 13 anos foram intensamente bem vividos. Não fosse o papai me convidar a conhecer a casa de vocês quando eu estava muito fraquinho e perambulando pelas ruas; alimentando´me de insetos; tomando água de poças de chuva e dormindo embaixo das carrocerias de caminhão; certamente já teria partido deste mundo.
Quando a mamãe me viu até achou que eu era um cachorrinho bem velhinho devido minha aparência. Mas ela enganou´se, eu tinha apenas 6 sofridos meses de vida.
O acolhimento de vocês foi fundamental para que eu recuperasse minha saúde e pudesse compartilhar desta família alegre e cheia de vida. Tive dois irmãozinhos caninos maravilhosos, ´Alf´ (in memorian ´ cantinho 2008) e o Negão; que apesar de ser também um velhinho; ficou agora com a responsabilidade de cuidar e atazanar vocês. Claro que ele não vai me substituir, pois eu sou insubstituível, mas ele vai sim ajudar vocês a enfrentarem minha falta, até se acostumarem. Além de tios e tias que me bajularam em todas as festas e churrascadas.
Sentirei muitas saudades do cheirinho de vocês, das testas de nhoque da mãe e dos beijos de meu pai. Mas a vida é assim mesmo; cheio de partidas e chegadas.
Amo muito vocês e sou eternamente agradecido. Obrigado MÃE e obrigado PAI.
LULU DE CARVALHO LEMES.