Luke

Luke querido, você deu trabalho. Era ciumento e não deixava ninguém chegar perto de mim. Você era tão protetor que até mordeu a mamãe, lembra? Apesar desse seu temperamento genioso, muitas vezes até voluntarioso, e dessa brabeza toda, nunca desisti de você. Enfrentei tudo e todos por você porque sei que você também faria o mesmo por mim. Sinto saudades sua, meu querido. Descanse em paz e cuide do Sócrates que também está por aí brincando nas nuvens. Em breve estaremos todos juntos novamente.