Liebe

Love Story
´O que se pode dizer de uma moça de 16 anos que era bela e brilhante, que gostava de frango e chocolate? e do Everton e de mim….
Liebe, querida! mesmo de pois de 6 meses sem vc, sinto a mesma dor no peito, o mesmo vazio… por diversas vezes vezes tentei escrever este texto mais as lágrimas me impedem de continuar, sei que te devo isto. Esta semana acordei de madrugada com seu pai chamando seu nome e soluçando… como é triste!
Ele quer outro cão, mas estou irredutível, vc é insubstituível… Quem será tão inteligente? Nenhum outro cão vai ser como vc, porque vc era muito, muito, muito especial. Em todos estes anos que ficou conosco suas atitudes foram marcantes, passamos tudo juntas… desde que a descolha do seu nome, que hoje sei que era a mais perfeita tradução de vc, a sua quase expulsão de casa, quando eu te defendi e assumi a responsabilidade pela sua guarda pra sempre e desde então cuidei de você dia e noite até os últimos instantes, dando o melhor de mim para te dar conforto, carinho, amor, atenção, tudo que você merecia por nos dar tanto.
Eu lembro das casinhas que fiz pra você, como a caixa do som que as meninas trouxeram dos EUA, aliás, este dia foi muito engraçado. Quando elas colocaram todos os bichinhos de pelúcia pra tirar foto quem saiu na frente de todos eles? Dona Liebe… correu e se posicionou para ficar em destaque. Sempre a estrela!
Quantas vezes sentei numa máquina de costura pra fazer saco de dormir, edredon, roupinha, jaqueta de nylon para o meu nenê Liebe… e que você sempre usava toda exibida…
Minha companheira de todas as horas… que cuidava de mim quando tinha enxaqueca, que me fazia companhia nas viagens pra praia, que adorava me ajudar a fazer doce (sempre sobrava um no chão, né?)… Fominha, mal podia esperar a comida ficar pronta…. esperava o bolo deitada na frente do forno, às vezes batia desespero e pulava pra alcançar a panela de pressão (me fazia usar as bocas do fundo do fogão, pra evitar acidentes).
Minha linda Liebe, eu poderia discorrer sobre vc por horas e horas, mas não acho que seja necessário, sei que lá no Canil do Senhor vc sabe tudo que senti, que sinto e sentirei por vc.
Obrigada por fazer nossa vida muito melhor, pelo amor incondicional, pela companhia, pela fidelidade. Saudades eternas…´
Ana Fülle