Kiko

Kiko meu amor, foi no ano de 2003 que você foi la pra casa, morávamos em são paulo ainda, queria muito um cãozinho pra fica “dentro de casa” então convenci a todos e fomos num domingo passear na feira para encontrar e no caso encontrei você! e assim se passaram os anos. Viemos morar em Curitiba então veio conhecer sua nova casa então aprendeu a levantar bem cedo e acordar o seu papai e depois ficava esperando para ir passear e fazer as necessidades, adorava passear de carro e sabia que nessa contava com o apoio da mamãe, adorava abrir as portas, pois não gostava de ver elas fechadas na hora de dormi sempre fazia companhia pra nathi uma amiga irmã, você gostava de brincar de bolinha, era o meu goleiro preferido. Enfim meu lindo, sua passagem conosco não podia ter sido melhor, você nos fez muito feliz, muito carinhoso, companheiro e ciumento… Mas infelizmente então é chegada a sua hora meu bebe. Agora fica essa saudade eterna, fica bem onde você estiver, nós te amaremos para todo sempre, pra sempre em nossos corações,
nossa estrelinha e anjinho de patas beijinhos Nathi, Celeste(mãe)e Adhemar(Pai)