Jordan

Mal sabiamos que em 17/01/1997
Nossas vidas mudariam
Fomos escolhidos
Para receber olhares, que sem palavras
Curavam nossos traumas e frustrações

Você era o primeiro
quando a porta se abria
E o último a nos acompanhar
quando íamos dormir

Você nos tornou alegres, sem nunca ter sorrido
Você nos deu amor, sem nunca ter falado,
Você foi consumido pelo câncer
Sem nunca ter chorado

Nós fomos mais fracos amigo e choramos
O céu vai nos perdoar
Por tê´lo mandando pra lá antes
Não resistimos ao teu olhar e sofrimento

Nem acima, nem abaixo
Entre nós era tudo igual
Pra que distinção se o coração
Era de animal pra animal

As lágrimas são dos meninos
Da mulher e do homem
Que você conheceu por muito tempo
Nada podemos usar para apagar a dor
De descobrir que você não é eterno aqui

Tantos passaram e choraram
Mas com você não conseguíamos ser
Uma dura e fria rocha
A suportar todas as pancadas

Nunca mais queremos decidir assim
Uma parte de nós foi com você
Que a tua poeira suba aos céus
E se transforme numa estrela
A iluminar com alegria nossos passos

Voltaremos a te encontrar
No meio do caminho, entre o céu e a terra…