Indra

Indra meu anjinho branco, você decidiu nós deixar… foi muito doído ver você nos deixando, sua respiração ficando mais lenta, seus olhinhos parados seu corpinho já frio… Você resolveu nos deixar, acho que estava com saudades do Shiva seu irmão que já estava te esperando na ponte do arco íris com muita saudade, junto com o Lugh … já devem estar correndo na grama verde com o vento espalhando seus pêlos e o sol batendo em suas carinhas… muita saudade nos deixou, sua caminha vazia, seu pote vazio está sendo difícil de lidar com isso… vai meu branquinho, meu comilão de sachês, de biscoito, que adorava toquinha, e amassar pãozinho… vai meu anjo de pêlos, um dia nos encontraremos novamente, sei que vai estar me esperando na ponte do arco íris… até um dia meu Lord.