Gennaro Gattuso

Quando eu vi aquele branquinho (só o rabinho e as orelhinhas eram amarelos )pela primeira vez meu coração derreteu . Quem diria que você tão pequenininho, ia chegar numa casa nova e sentiria como você vivesse ali desde sempre. Você me deu tantas alegrias, fazia companhia para mim e para a minha avó nas horas tristes e felizes. Quando ela se foi ,você foi minha melhor companhia. A melhor parte de ir para casa, era escutar você miando desesperado por que eu cheguei. E quando viajava, sempre queria fotos e notícias suas. Nas ligações e mensagens “Como que tá o Gennaro? Que vontade eu tinha de voltar pra te apertar . Achei que você viveria muito tempo ainda. Afinal, foram 9 anos com você, dormindo feito uma bolinha no meu pé. Agora as noites são frias , os dias são tristes e a casa fica vazia. Até a grama que voce adorava perdeu a graça. Mas você, meu amigo. Vai morar eternamente em nossos corações. Estamos morrendo de saudades. Com amor, sua família.