Fred

Meu amado, como viver sem você? A dor da separação é grande. Pode amenizar, mas nunca passará. Você era como um filho. Cuidei desde o primeiro dia e fiquei contigo até o último instante. Na última vez que te vi, falei que era grata e você, iluminado como sempre, virou a cabeça e me encarou como se entendesse. Fred eu te amo. Você não era só um gato, era o meu filho peludo. Não direi adeus e sim, um até breve. Tenho certeza que você estará me esperando………