Fiapo

Fiapo meu amor, pensei em milhares de coisas para escrever. Imaginei falar do seu resgate e da sua recuperação. Imaginei falar das suas aventuras, seus amigos e seus admiradores.
Mas foi nesse momento que descobri algo que até então não havia percebido … você não foi simplesmente um cachorrinho resgatado num momento difícil … foi sim um anjo que desceu para terra disfarçado … veio nos ensinar sobre luta, garra perseverança, amor, perdão, gratidão e acima de tudo, esperança.
Frágil? Não … frágeis somos nós … frágeis porém sortudos por termos tido a oportunidade de te conhecer.
Corre meu amor, corre por essa grama verde e voa por esse céu azul … AMAMOS VOCÊ!