Capitu

Faz somente dois meses que a Capitu partiu, porém parece que estamos sem ela há anos.
Sinto saudades todos os dias! A dor diminuiu um pouco, mas sempre que alguém fala dela, sinto um aperto no peito e é difícil segurar as lágrimas.
Acredito que a amizade que cultivamos com um cãozinho é eterna, pois sua pureza e fidelidade marcam nossa existência.
Os quatro anos que ela esteve conosco ficarão em nossa memória a vida inteira. Foram momentos de pura alegria, carinho e diversão.
Se eu pudesse voltar no tempo, adotaria ela novamente, mesmo sabendo do futuro.