Julie

É bom saber que, na hora da dor, temos pessoas “Pet World” que, por telefone, conseguem, através de uma voz amiga e consoladora, nos dizer: – não se preocupe o “amiguinho” vai ser bem tratado. Então, naquele momento parecia que a Julie estava indo para o banho ou consultar e não uma para despedida sem volta (05/05/2002 – 03/06/2015 – cremada 05/06/2015).
Eu não tive coragem de ir até o crematório. Todo o trabalho de translado foi providenciado pela veterinária, tudo correu de forma tranquila e, consequentemente, a dor foi mais branda. Desconheço a forma de como é feita a cremação, mas tenho certeza que esta equipe respeitou a nossa dor e colocou a nossa fiel amiga “Julie” em lugar digno e honroso.
(Homenagem: Julie)
05/06/2015

Edelair