Donatella Smiderle

Quando vi a foto da Donatella para adoção me apaixonei…ela era linda! Mas quando fomos conhecê-la, ela simplesmente escolheu o Filipe…foi muito engraçado. Então, sempre contamos que nós fomos escolhidos por ela para ser a sua família. Ela havia sido encontrada pela protetora Patrícia num lugar triste, lambendo uma caixa de pizza do lixo, de tanta fome que tinha. Passou por duas famílias que desistiram da adoção porque ela tinha muita energia, e ficou um ano com a protetora esperando por nós. E justamente essa energia foi o que nos encantou, pois ela se tornou companheira de tudo para o meu marido Filipe.
Meu marido ia trabalhar e a deixava na creche para brincar e fazer novas AUmizades…fazíamos caminhadas e passeios em parques…viajávamos para a praia sempre…e ela adorava dormir no sofá enquanto estávamos lendo ou assistindo algum filme…mas ela odiava os filmes de terror….acordava indignada latindo para a televisão…
Adorava ficar na rede no nosso colo…latir para o entregador de pizza…latir para a equipe da coleta de lixo…latir para o vizinho que chegava de madrugada fazendo barulho…
Na praia…era a guardiã do prédio…não passava um mal intencionado na rua…pois ela já dava o alarme de intruso lá da sacada do apartamento…brincava com todo mundo.
E as fases então? De derrubar o lixo dos banheiros…comer o rolo de papel higiênico…caçar passarinhos no quintal…enterrar ossinhos nos vasos de plantas da mamãe…abrir buraco nas camas…cavar buracos na grama….comer as flores da mamãe…comer o boldo…comer as folhas de mirra….correr atrás do jardineiro…reclamar com o carteiro…comer sabonete…fazer xixi nos tapetes….arrancar os laços das orelhas depois do banho…foram tantas estórias né filha….
E quando a irmãzinha Bonny chegou? Que ciúmes! Ficou uma semana sem olhar para a mamãe tamanha a indignação….depois até dividiam a mesma cama…mesmo cada uma tendo sua cama espaçosa e quentinha…
São tantas lembranças e tanto carinho…tantos momentos lindos…é difícil acreditar e entender que chegou sua hora filha…
Sua missão foi ensinar a mamãe a ser mais leve com a vida…foi ensinar amor incondicional ao papai…e nos transformar em uma família unida…que pouco ligava para o que os outros pensavam…nós éramos muito felizes!
Sei que você está lá em Aruanda brincando com sua irmãzinha Bonny…que vocês estão bem e cuidando de nós com todo amor…e isso faz a dor ser um pouco suportável…mesmo quando os meus olhos continuam cheios de lágrimas pela saudade que sinto de vocês…Vocês são as minhas bebês…as minhas princesas…os meus amores para sempre…amo muito vocês!