Dolly

Querida Dolly
Foram 13 anos juntos.
No início alguns buracos na terra, bancos roídos e outras peraltices.
Mais tarde marcas de suas patas no muro da casa, seu rabinho sempre abanando e sua fidelidade acima de tudo.
Você sempre foi “parte da família”, participava de tudo.
Apesar da sua doença, sempre foi digna e como dizem: uma Lady!
Depois disso ficam as ótimas lembranças, muitas saudades e uma enorme tristeza depois do dia que você partiu.
Obrigada por ter feito nossas vidas mais alegres!!
Desejamos que você esteja em um jardim, “correndo atrás de um toco de madeira”.
Saudades
Regina, Edhu, Camilah e Rapha.