Darah

Querida Darah
Ahhhh!!! Gorda!!! Você deixou um vazio muito grande.
Você que no meio da noite andava na ponta das patas, pra subir na cama comigo, você
sabia que se a mãe escutasse, mandaria você ir dormir na tua caminha.
Você que pedia agua olhando por debaixo da cadeira e que vivia querendo comer tudo o tempo todo, até as bananas do gari que varria a rua você convenceu
ele a te dar, e você comeu.
Que trazia o chinelo quando a gente chegava e quando chegava visita queria sempre dar um presente,
que por acaso era sempre uma almofada branca.
Você foi uma amiga única um anjo que caiu do céu pra alegrar e iluminar nossas vidas.
Entendia tudo que a gente falava, fazia qualquer coisa pra agradar a gente.
Pra sempre teremos saudades este vazio em nossas vidas.
Nunca vamos te esquecer. Pra sempre você vai morar em nossos corações.
Te amamos muito.
Vanessa, Marlene e Altair e teus irmãozinhos caninos Kate e Dragon.