CISSA

Hoje, você descansou…
Estes últimos dias não foram fáceis para você: febre, dor, remédios, agulhas, operação, soro, confinamento, descanso forçado. Antes de ontem, te achei bem abatida, mas mesmo assim você se esforçou para conseguir um afago. Acho que você se esforçou ainda mais para não demonstrar este abatimento para a Mirian, mais tarde naquele dia. Difícil acreditar que foi a última vez que te vimos viva.
Lembro-me quando você chegou a nossas vidas. Acabara de chegar de um dia exaustivo de trabalho e da faculdade. A Mirian me chamou, apontou para uma caixa de sapatos. Você estava dormindo. Um sono daqueles que estão no começo da vida. Te peguei, me deitei no sofá, coloquei você sobre mim e tentei dormir como você, que cabia na minha mão.
Com o tempo, você foi crescendo e revelando-se indomável, com uma energia inesgotável. Tinha que brincar com você quando chegava da faculdade para diminuir sua energia. Você destruiu várias coisas e brigamos por isso. Mas, você não guardava ressentimentos, nunca guardou (qualidade que, infelizmente, nós humanos não temos). Já adulta, você se demonstrou muito esperta e louca por passeios. Adorava deitar-se ao sol, andar de carro, passear na praça, comer frango.
Vamos sentir saudades de você nos seguindo dentro de casa, dormindo perto de nós, pedindo colo quando estávamos no computador, tentando subir no sofá quando estávamos assistindo televisão, sentando ou latindo para pedir carne durante as refeições, querendo brincar com a bolinha, se esfregando nas cortinas, correndo para o pote de comida quando falávamos “ração”.
Você se adaptou a todas nossas rotinas. Sei que ultimamente não ficávamos muito com você, pois trabalhamos o dia inteiro. De qualquer forma, todos os dias, quando chegávamos, você sempre nos recebia com festa, com a alegria de quem não nos via há semanas.
Você faz parte de nossa família. Sempre esteve perto nos momentos importantes, festivos e difíceis. Sem saber, sempre nos confortava e nos alegrava de alguma forma. Sempre terá um lugar especial em nossos corações.
É dura esta separação. Queríamos que você ficasse um pouquinho mais. Mas, não tem jeito. Assim é a vida. A gente sempre sabe o final, mas nunca está preparado para ele. Que Deus te abençoe e te acompanhe nesta jornada. Brinque e durma bastante, sonhando com nós. Faremos o mesmo, sonhando com você.
Como disse a Mirian, em breve nos reencontraremos.
Obrigado, por todos os momentos de alegria que você nos proporcionou, Cissa.