Charlie

Ainda me lembro do dia em que te conheci, Charlie…todos os cãezinhos fazendo a festa e vc lá, sentadinho, “zen”, no meio dos seus irmãos. Só me olhava. Aquele dia, tivemos nossa primeira aventura…fomos pra casa de moto…juntos. E lá se vão quase 10 anos da maior e mais sincera lealdade e amor. Vai fazer falta, amigo…não só pra mim, mas pra todos que te conheceram.