Buddy

Buddy, nosso grande amor!
Que privilégio ter convivido com você, com seu jeito doce, carinhoso, atencioso, disposto, alegre… Quanta missão lhe coube, desde o primeiro dia da nossa convivência. E foram muitas as missões. Você curou nossos corações, que estavam tristes. Você acolheu o Weiser, que estava abandonado, dividindo o seu lar, as suas refeições, a atenção que antes lhe cabia, permitindo que ele também pudesse ter um lar como o seu. Você doou seu amor e atenção aos que mais precisavam, trabalhando em escolas especiais, clínica, asilo, casas lares. Você foi, o tempo todo, grandioso, generoso, amável. Somos gratos a você por cada instante, por cada olhar, por cada recepção calorosa, por cada tentativa de nos fazer feliz. Gratidão por ter compreendido os momentos tumultuados da nossa vida, não exigindo atenção em demasia, mesmo que isso significasse que não passearíamos nesses dias. Você foi pacientemente amoroso. Mesmo com dor, abanava esse rabo peludo, como um tambor que invadia a casa toda com o seu som ritmado. Era só abrir a porta do quarto e antes de descer as escadas, já era possível ouvir a batucada, trazendo a esperança e a alegria de poder passar mais um dia contigo. Como foram bons, cada um desses dias. Somos muito gratos pela forma como você planejou a sua partida… esperou o momento certo, para não atrapalhar os planos da casa. E só quem tem a alma pronta, pura e nobre, é capaz de fazer isso pelos que ama. E acreditamos nesse seu amor incondicional, fomos presenteados com ele. Que maravilhoso foi poder cuidar de você, com todo o amor que podíamos dedicar a um ser tão especial. Agradecemos por ter escolhido a nossa família, como o seu lar aqui na terra. Agradecemos imensamente por ter escolhido partir, sem nos forçar a fazer a isso, pois seria doloroso demais, apesar da necessidade do seu caso. Gratos pelas lembranças deixadas, pois elas continuarão alegrando todos os nossos dias. Você foi único e sempre estará conosco, em nossos pensamentos, em nossos corações e impregnado em nossos seres. Vai meu amor, vai correr pelos campos floridos, livre de qualquer amarração. Vai nadar pelos rios e lagos. Pode ir amor! Fique bem! Ainda vamos nos encontrar para abafar essa saudade, que já é tamanha. Amamos muito você! Papai e mamãe.