Branca de Neve

Branca foi uma cachorra sem igual! Não fomos nós que a escolhemos, mas sim, ela que nos escolheu como sua família. Se jogou em cima de minha mãe enquanto ela caminhava na praça, e ai começou a sua jornada em nossa família. Ouso dizer que a Branca era uma cachorra quase humana.
Branca era extremamente dócil, querida, arteira, buraqueira, dorminhoca e uma excelente cachorra socializadora. Se dava bem com tudo e com todos (era só não mexer nos seus buddy toys, os quais ela tinha MUITO ciúmes).
Amava destruir as coisas dentro de casa. Amava cavar buracos. Amava passear de carro. Amava passear na rua.
Sempre sorridente! Sempre disposta.
Foi embora, assim, de repente, sem nem deixar que nos despedíssemos. Sua missão de vida aqui acabou, para continuar no céu dos cachorrinhos com suas amiguinhas e amiguinho que estão lá.
Branca faz uma falta diária sem igual. Deixou seus pais, seus avós, sua tia, seu tio, seus irmãos caninos, mas isso somente fisicamente, pois NUNCA irá sair de nossos corações!
Nós te amamos pra sempre Bran Bran, você sempre será lembrada.
MUITAS SAUDADES DE VOCÊ!