Bob “Bebê da mãe”

Meu “Eterno Bebê da mãe” hoje virou estrelinha ?, mesmo sabendo que você vai cuidar da gente lá do céu, a dor é muito grande, vou sentir muita saudade de cada momento desses 14 anos, de cada batida de orelha me chamando para abrir a porta para vc ir no banheiro durante a madrugada, jogar bolinha incansávelmente, seus pedidos para passear na rua, da sua felicidade quando descobria que ia para praia, vou sentir falta do barulhinho das suas patinhas no chão, do seu jeitinho meigo, cada carinho, cada olhar, brincar de se esconder com vc, assistir séries na Netflix com meu companheiro que sempre me consolava quando algum episódio me fazia chorar, retornar de um dia de trabalho sabendo que vc ia fazer a maior festa e me encher de beijos, realmente não tinha preço!!!
Bob, agradeço por cada carinho, cada olhar, cada momento que da forma mais simples, vc tornou especial e inesquecível, vc sempre será meu Eterno Bebê da mãe (vc adorava ser chamado assim e não admitia que ninguém mais fosse, nem mesmo o seu irmão …rsrs) ??? Te amo para sempre ♥️♥️♥️