Bany

“Bany”, “Necita”, “Toncho”, ou “Gaga”, como a Renata lhe chamava antes mesmo de começar a falar. Você foi uma companheira maravilhosa. Foram 13 anos de dedicação absoluta e um amor incondicional. Não há no mundo uma dedicação tão intensa, um amor tão verdadeiro. Talvez eu não tenha conseguido retribuir todo o carinho e amor que meu deu, da forma que você merecia, porém, você nunca me cobrou nada, pelo contrário, sempre me amou mais e mais.
Para Renata falamos que você virou uma “estrelinha”, o que não deixa de ser a mais pura verdade, pois para nós, você sempre será uma estrela. Um dia iremos nos encontrar novamente, e novamente vamos pular, correr e comer guloseimas(era o que você mais gostava).
Nós sempre te amaremos.
Wagner(Papai), Adriane(Mamãe) e Renata(Irmãzinha).